Polícia

Acusado de enforcar e matar pecuarista tem prisão preventiva decretada

Pedro Benhur Ciardulo, 20 anos, teve prisão preventiva decretada pelo juiz Alexandre Tsuyoshi Ito, de Campo Grande. 

Ele confessou ter assassinado a pecuarista Andreia Aquino Flores, 38 anos, na quinta-feira passada (27) na capital do Estado. A mulher morreu por asfixia provocada através de enforcamento, segundo as investigações. 

O acusado foi localizado nessa segunda-feira (01) na comunidade Ouro Fino, em Dourados, detido por equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) e em seguida levado para Campo Grande.

Pedro chegou a confirmar que provocou a esganadura na vítima em razão da reação dela e chegou a acreditar que Andreia havia apenas desmaiado. 

A principal linha de investigação da Polícia Civil de Campo Grande é de que o crime tenha sido premeditado, segundo informações do portal Campo Grande News. 

Pedro é cunhado de Lucimara Rosa Neves, de 43 anos, governanta da casa de Andreia e que, junto com a filha Jéssica Neves Antunes, de 24 anos, confessou ter tramado o assalto que acabou provocando a morte da pecuarista. 

As duas mulheres foram presas em flagrante no mesmo dia do crime investigado pela Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) como latrocínio – roubo seguido de morte.
 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: