Polícia

Advogada é vítima de racismo em show do Belo em Campo Grande

Campo Grande (MS) – A advogada Juliana Silva utilizou suas redes sociais para relatar um lamentável episódio de racismo que vivenciou durante o show do cantor Belo, ocorrido no último sábado (2) na cidade.

Em um vídeo compartilhado em seu perfil no Instagram, Juliana expressou sua indignação ao narrar o incidente em que uma mulher, aparentemente de forma voluntária, jogou um copo de cerveja nela e proferiu gestos racistas, visando menosprezá-la devido à cor de sua pele preta.

Juliana explicou que a agressão, inicialmente, pareceu ser um equívoco direcionado a outra pessoa, mas a situação se agravou quando a filha da agressora começou a importuná-la, mesmo após a advogada pedir que não a tocasse. “Falei ‘não encosta em mim'”, afirmou Juliana, tentando manter a calma mesmo estando ensopada de cerveja.

Após o tumulto, a advogada destacou que recebeu solidariedade de outras mulheres pretas presentes, que testemunharam os gestos e comentários racistas da mulher e sua filha. Embora a segurança do evento tenha sido acionada para conter a confusão, não houve chamado à polícia para o flagrante.

Juliana ressaltou a importância de obter informações sobre a agressora, a fim de formalizar uma queixa. A advogada espera identificar a responsável pelo ato de racismo e tomar as medidas legais necessárias para combater esse tipo de comportamento intolerante. Ela postou a foto da agressora e diz aguardar colaboração das pessoas para identificar eesclarecer o ocorrido e promover a justiça diante desse lamentável incidente.

Deixe uma resposta