Política

Alianças com cinco partidos e apoio de 13 vereadores impulsionam a pré-candidatura de Beto Pereira

A pré-candidatura do deputado federal Beto Pereira (PSDB-MS) à Prefeitura de Campo Grande, ganhou envergadura com o término da janela partidária, no sábado (6). A consolidação dos apoios partidários levou ao aumento significativo da representação tucana na Câmara dos Vereadores, que passou de dois para sete vereadores com as filiações de Papy, Victor Rocha, Zé da Farmácia, William Maksoud e Silvio Pitu e selou alianças com Cidadania, PSD, PSB, Republicanos e Podemos, elevando o número de 13 apoiadores dos 29 vereadores em torno da sua pré-candidatura.

Beto Pereira avalia que toda a construção ocorreu tendo de base o projeto para Campo Grande, visando os melhores nomes para vereadores. Destaca a importância do trabalho conjunto e da liderança do ex-governador Reinaldo Azambuja nesse processo de fortalecimento do PSDB.

“Boa parte deste trabalho se deve ao Reinaldo Azambuja. Se fosse para tocar esse projeto sozinho, a missão seria mais árdua. Reinaldo tocou como fosse iniciar do zero o partido”, disse Beto Pereira, pré-candidato à prefeitura de Campo Grande e presidente municipal do PSDB.

O ex-governador de Mato Grosso do Sul e presidente estadual do PSDB, Reinaldo Azambuja, evidenciou a importância do trabalho de filiações que envolveu os 79 municípios do estado. “Foi um mês fazendo diversas filiações, trazendo pessoas que possam somar e multiplicar. Para as eleições municipais, o PSDB sai fortalecido e engrandecido”, promete Reinaldo.

Por sua vez, Beto Pereira realçou a necessidade de reconstruir a história de Campo Grande e da cidade voltar a ser protagonista.

“A gente já viu como uma cidade pujante, um berço de inovações e de políticas públicas. E hoje, a gente encontra mazelas em Campo Grande, que nós já havíamos abolido, da nossa história e das nossas vidas. Portanto, somente juntos podemos reconstruir a história dessa cidade e enxergo essa possibilidade real de acontecer. Por que vemos como espelho o governo de Mato Grosso do Sul, em pleno desenvolvimento”, defende Beto Pereira.

Eleição é de 2024

O ex-governador Reinaldo Azambuja evidenciou que eleição só se ganha após resultado das urnas. “Há muita gente querendo antecipar a eleição de 2026 para 2024. Essa eleição é municipal e nós vamos trabalhar as eleições dos 79 municípios do Mato Grosso do Sul. Filiamos muita gente de todos os lugares, os últimos dias foi uma verdadeira maratona visitando diversos municípios. E o Beto vai precisar de todos em Campo Grande, uma mão amiga, para resolver de fato os problemas que Campo Grande”, advertiu Reinaldo.

Alianças consolidadas

Na decisão de apoio a pré-candidatura, Beto Pereira, o presidente da Câmara dos Vereadores, o vereador Carlão, ressaltou que o PSB tomou a decisão em acordo comum com as lideranças locais, projetando fortalecimento na construção da chapa de vereadores. Nos últimos dias antes de fechamento da janela partidária, o partido recebeu 30 novos filiados vindos do PDT.

“O campo-grandense precisa de um prefeito diferente, que olhe para a população pobre de verdade e resolva os problemas. Seja na saúde, educação e que olhando também para os empresários que geram emprego na Capital”, defende Carlão.

Por sua vez, Carlão ressaltou a construção de uma aliança sólida entre o PSB e o PSDB. “Se precisar decidir no futuro, o PSB tem bons nomes para indicar para o vice. Esta não é a nossa preocupação de momento e sim com a coalizão de partidos empenhados no crescimento da nossa Capital. Sou candidato a vereador e vamos montar uma chapa para eleger mais um ou dois, no máximo três parlamentares. Agora, se precisar posso ocupar outro cargo, sou um soldado do partido”, enfatiza Carlão.

O presidente municipal do Podemos, o vereador Clodoilson Pires, salientou a aliança poderá contribuir na eleição do pré-candidato Beto Pereira ao repetir o mesmo número de vereadores eleitos em 2020.

“Estamos juntos com o PSDB em uma expectativa muito grande de poder em cada pré-candidato a vereador desempenhar o máximo do seu potencial. Assim, termos às condições de fazer dois vereadores e mais um, pelo coeficiente”, pensa Clodoilson.

Após janela partidária, os vereadores que estarão apoiando a pré-candidatura de Beto Pereira passaram a ser Professor Juari, Claudinho Serra, Papy, Dr. Victor Rocha, Zé da Farmácia, William Maksoud, Silvio Pitu (PSDB), Betinho (Republicanos), Carlão (PSB), Clodoilson Pires, Ronilço Guerreiro (Podemos), Otávio Trad e Gilmar da Cruz (PSD).

Deixe uma resposta