CulturaEconomia

Após notar situações homofóbicas em barbearias, casal cria “Barbiearia”

Em Joinville, o casal Felipe Alves e Diógenes Machado, ambos de 27 anos, abriram o estabelecimento “Barbiearia“, que tem como foco ser uma barbearia que atenda o público LGBTQIA+ – mas também atendem, sem preconceito, pessoas heterossexuais.

“Nosso foco é fazer com que as pessoas se sintam acolhidas” – diz Felipe ao canal O Município Blumenau. “

Criei o hábito de frequentar barbearias. Mas cada vez era pior. Barbearias são ambientes tóxicos e homofóbicos. Eu como gay, sentia uma diferença bem grande na forma que o barbeiro me tratava quando percebia que eu era gay” – continuou, acrescentando que começou a manter a barba grande e que seus amigos, também gays, passavam por situações constrangedoras semelhantes.

Felipe, que trabalha como maquiador, disse que também não se sentia muito a vontade em trabalhar com salões de beleza tradicionais. Em maio de 2020, ele e o namorado, que é analista de sistema, começaram a conversar sobre negócios e ambos tiveram a ideia de abrir uma barbearia LGBTQI+, que surgiu em 11 de julho de 2020.

“Foi tudo feito por nós mesmos, contratando apenas o eletricista” – explica Felipe. Diógenes e Felipe – Reprodução O público da Barbiearia é variado, incluindo mulheres que dizem que não são atendidas em outras barbearias.

“Tem bastante casal heterossexual que vem aqui. Enquanto a mulher corta o cabelo, o homem faz a barba”, exemplifica. O local acabou viralizando no Twitter recentemente quando um usuário compartilhou a imagem, rendendo 94 mil curtidas, 6 mil compartilhamentos e 900 comentários.

“Estou amando bastante. Tanto por ver as pessoas valorizarem quanto por influenciar profissionais da área. E isso também mostra para a gente o quão importante tem sido nosso trabalho para nossa comunidade”. 

Em setembro de 2020, o casal passou por uma situação constrangedora no condomínio onde morava por estarem andando de mãos dadas. Na ocasião, ele recebeu um bilhete de um vizinho pedindo “respeito”. O maquiador se manifestou no grupo do condomínio e recebeu mensagens de apoio dos vizinhos, mas nunca descobriu quem foi que enviou o bilhete, mas para ele, isso reforça ainda mais a importância da Barbiearia. A Barbiearia fica na Rua Videira, 23, no bairro Iririú, em Joinville, Santa Catarina. No Instagram e no Twitter está sob o user @barbiearia_jlle.

 https://gay.blog.br/noticias/apos-notar-situacoes-homofobicas-em-barbearias-casal-cria-barbiearia/ | GAY BLOG BR @gayblogbr

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: