CidadesSaúde

Aumenta taxa de letalidade da covid-19 em Campo Grande e no Mato Grosso do Sul

Foto: Saul Schramm/Portal de MS

A taxa de letalidade da covid-19 subiu para 1,5% em Campo Grande e 1,7% em todo Mato Grosso do Sul. A Capital registra 200 óbitos e 13.245 pessoas infectadas, pelos cálculos da Sesau, na segunda-feira (10). O Estado, por sua vez, tem 32.562 infectados, com 544 vidas perdidas, conforme dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde desta terça (11).

“Até ontem estava 1,6% [no Estado]. Já tivemos abaixo de 1%, mas tem crescido a cada dia. Mostra que ainda precisamos fazer muito para cessar o crescimento da doença aqui no estado”, declarou o secretário estadual Geraldo Resende ao apresentar os números desta terça.

Foto: Boletim Epidemiológico Sesau

Nas últimas 24 horas foram confirmados 21 óbitos em decorrência da doença, sendo 10 em Campo Grande e cinco em Corumbá. Vicentina, Três Lagoas, Aquidauana, Naviraí, Porto Murtinho e Sidrolândia registraram um óbito cada. Desse total, quatro constam nos dados oficiais como nada relatado, e os demais possuem fatores de risco e comorbidades.

O mês de agosto já registra 136 vidas perdidas em decorrência da Covid, sendo 58 delas em Campo Grande. A média móvel dos últimos 7 dias no Estado está em 13,9 casos dia, e na Capital esse indicador é de 6,4 casos.

Outro exemplo de como tem avançado o número de mortes pela covid-19. No dia 31 de julho, a Prefeitura de Campo Grande publicou em seu site oficial uma matéria que mostrava a cidade como a capital com mais de 500 mil habitantes que tem a menor taxa de letalidade pelo novo coronavírus.

Nesta data, com 127 óbitos registrados e 10.136 pessoas infectadas, Campo Grande tinha um índice de letalidade de 1,2%. Em menos dez dias, esse índice subiu para 1,5%.

Foto: Divulgação/Portal de MS

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: