Cidades

Bombas flutuantes serão ativadas para evitar falta de água em Corumbá

Fonte: Divulgação/Portal de MS

Bombas flutuantes enviadas pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) para Corumbá serão ativadas a partir deste final de semana. A informação é do diretor-presidente da instituição, Walter Carneiro Junior, ressaltando que são medidas preventivas para garantir o abastecimento de água à população.

“Os equipamentos já desceram até Corumbá na quinta-feira, hoje nós estamos instalando para que façam o bombeamento da água e até amanhã as bombas flutuantes estarão em operação”, afirmou o dirigente.

O objetivo é estabelecer o nível médio de captação que atualmente está em 1,5 metros, sendo que o ideal são três metros.

Na quinta-feira, Walter Carneiro Júnior  reuniu-se com o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da empresa, Helianey Paulo da Silva, e com o titular da Semagro (Secretaria de Estado do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck, para falar dessas medidas preventivas que estão sendo adotadas.

 “O Governo do Estado decretou emergência ambiental e nós montamos uma sala de crise hídrica coordenada pela Agencia Nacional de Águas e Saneamento, na qual estamos monitorando a questão crítica”, ressaltou Verruck.

Durante o encontro, o presidente da Sanesul disse que, caso a medida não surta efeito e o rio baixe o nível ainda mais, será implantado no local as bombas antifibrias e bombas submersíveis. “Vamos trabalhar com o plano A e com o plano B”.

O diretor-presidente da Sanesul enfatizou as ações do Governo do Estado na região, na área de atuação da estatal . “O governador Reinaldo Azambuja levantou recursos de mais de 100 milhões de reais, em captação hídrica, distribuição e tratamento”.

Fonte: Portal de MS

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: