Polícia

Caminhoneiro preso em operação contra pedofilia ganha liberdade no interior de MS

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um caminhoneiro de 50 anos preso na segunda fase da Operação Deep Caught, que investiga crime de pedofilia, em Nova Andradina e outras cinco cidades do Mato Grosso do Sul, ganhou liberdade provisória da Justiça na quinta-feira (13).

O homem foi preso na quarta-feira (12) e autuado em flagrante suspeito de conter materiais pornográficos com conteúdo infantis, que foram apreendidos durante a operação realizada pela Polícia Civil. Ação aconteceu numa residência localizada a rua Santa Catarina, no bairro Centro Educacional.

Após ser autuado em flagrante, o APF (Auto de Prisão em Flagrante) foi encaminhado ao Poder Judiciário onde trabalharam o MPE (Ministério Público Estadual) e na defesa a Defensória Pública), onde a Justiça concedeu a liberdade provisória.

Mas o investigado terá que cumprir algumas medidas cautelares, como informar seu atual endereço no prazo de cinco dias, bem como comunicar eventuais mudanças; não se ausentar de sua comarca, sem prévia autorização do seu Juízo; proibição de acessar sites, aplicativos, canais de televisão ou qualquer outro meio eletrônico/digital que disponibilizem conteúdos pornográficos; recolhimento domiciliar noturno em dias úteis, das 20h às 5h, e aos finais de semana, folgas e feriados, em período integral e comparecer aos atos do processo.

O Poder Judiciário também oficiou a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), para que, caso verifique, em eventual diligência virtual, que o autuado permanece acessando conteúdos pornográficos que envolvam crianças e adolescentes, comunique-se a este juízo para as providências cabíveis. Por ocasião da soltura, o investigado deverá ser advertido de que o descumprimento destas medidas poderá ensejar a decretação da prisão preventiva.

Ele teve o alvará de soltura e assinou o termo de compromisso.

Fonte: Jornal da Nova

Leave a Response

%d blogueiros gostam disto: