CidadesEconomiaInternacionalPolítica

“Começa a se realizar”, afirma Vander sobre ponte do Corredor Bioceânico

Foi realizada no dia 20 de julho a solenidade de autorização da licitação para elaboração do projeto executivo da ponte de concreto sobre o Rio Paraguai, unindo os municípios fronteiriços de Porto Murtinho, do lado brasileiro, e Carmelo Peralta, do lado paraguaio. A travessia, que viabiliza o Corredor Bioceânico (ligando os portos do Atlântico aos do Pacífico), será iniciada em abril de 2020, com previsão de conclusão para três anos.

O deputado federal Vander Loubet, um dos precursores do projeto e um dos principais articuladores da obra, ao lado do ex-governador Zeca do PT e do ex-prefeito de Porto Murtinho, Heitor Miranda dos Santos, marcou presença na solenidade ao lado do governador Reinaldo Azambuja, do coordenador da bancada federal de Mato Grosso do Sul, o senador Nelsinho Trad, e do presidente do Paraguai, Mário Abdo Benítez.

“É um sonho antigo que começa a se realizar”, afirmou Vander em sua cidade natal, à beira do Rio Paraguai.

A ponte terá uma extensão de 680 metros e sua obra está avaliado em R$ 290 milhões, valor que será custeado pela Itaipu Binacional, empresa estatal brasileira e paraguaia. A viabilização desses recursos contou com intensa participação e articulação de Vander Loubet e de Zeca do PT.

Outros R$ 20 milhões conquistados pela bancada junto Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) ao serão investidos na recuperação da rodovia BR-267, no trecho entre Jardim e Porto Murtinho. Por fim, a atuação de Vander e da bancada federal está viabilizando mais R$ 139 milhões para a construção do acesso da BR-267 à ponte sobre o Rio Paraguai.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: