Polícia

Denúncias de desrespeito ao toque de recolher dobram no fim de semana em Campo Grande

Foto: Denilson Secreta/PMCG

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) recebeu neste final de semana 88 denúncias sobre o descumprimento do toque de recolher em Campo Grande. Este número é pouco mais que o dobro do registrado no fim de semana anterior, quando foram 40 denúncias.

Neste fim de semana, os guardas metropolitanos abordaram e fizeram orientações sobre o toque de recolher para 50 pessoas, sendo o sábado (5) o dia com mais abordagens, com 38 no total.

A GCM recebeu 385 reclamações, no telefone 153, sobre aglomerações, pessoas nas ruas e estabelecimentos abertos após o toque de recolher. Somente na sexta-feira (4) à noite, foram 133 denúncias feitas à Guarda. No sábado (5), foram 155 ligações e no domingo (6) foram 97 chamadas. 

O número de ligações pelo telefone e de orientações feitas sobre o toque de recolher também foi superior ao realizado no fim de semana anterior. Com relação às orientações, houve aumento de 18%. Sobre as orientações, houve aumento de 138%.

De acordo com a Guarda Metropolitana, foram 454 estabelecimentos comerciais fiscalizados entre sexta (4) e domingo (6), sendo que somente um foi notificado. Ao todo, foram 1756 pessoas abordadas durante o fim de semana. Foram registradas duas festas com aglomeração de pessoas e cinco casas com aglomeração.

Mudanças

Começam nesta segunda-feira (7) as novas medidas para tentar controlar o contágio de covid-19 em Campo Grande.

Diante do cenário, de aumento dos casos e redução dos leitos disponíveis, o toque de recolher acontecerá das 22 às 5 da manhã, período em que também será autorizada a comercialização, mas por meio de “delivery”.

A prefeitura também estabeleceu novo limite de ocupação nos estabelecimentos comerciais, que passa de 50% para 40%.

O comércio, no Centro de Campo Grande, funcionará até as 21 horas, e não as 22h, como ocorre normalmente no final do ano. Os shoppings estarão abertos das 10 às 22 horas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: