Cultura

Em nova série na Netflix, Anitta revela abuso na adolecência

Estreia nesta quarta-feira (16) a série documental ‘Anitta: Made in Honório’, que fala mais da vida pessoalda Larissa, além da personagem Anitta, os traumas, os bastidores e sonhos da cantora pop brasileira.

Na série que vai ao ar hoje, a cantora revela que sofreu um abuso sexual na adolescência, e que só conseguiu superar e perceber que a culpa não foi sua recentemente.

“Eu sempre me coloquei numas relações meio abusivas e quando eu tinha quatorze pra quinze anos eu conheci uma pessoa. Eu tinha medo dele, ele era autoritário comigo e falava de forma autoritária. Eu não sei, eu era diferente quando adolescente e não era do jeito que sou hoje em dia. Ele estava muito nervoso e estressado e eu estava com bastante medo das reações dele quando estava estressado e eu acabei perguntando se ele queria ir pra um lugar só nós dois. Rapidamente, na mesma hora, ele parou o estresse dele e falou que… perguntou se eu tinha certeza e eu falei que sim. Mas hoje eu tenho plena certeza que eu falei que sim porque eu estava morrendo de medo do estresse dele, sabe? Quando eu cheguei, eu realizei que, não era certo eu fazer aquilo por medo, nem nada e eu falei que não queria mais mas ele não ouviu, ele não falou nada. Ele só seguiu fazendo o que queria fazer. Quando ele acabou, ele saiu, foi abrir uma cerveja, e eu fiquei olhando assim pra cama cheia de sangue. Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que isso é culpa minha. Faz muito pouco tempo que eu parei de achar que eu causei isso pra mim. Eu sempre tive medo do que as pessoas iam falar”.

A série vai mostrar muito mais sobre a Larissa.

“Vamos mostrar a pessoa que eu sou, com defeitos e qualidades. Tem hora que eu tenho defeitos. Pedi que eles não tirassem e respeitaram o meu pedido, que mantivesse também as partes em que eu assisto e falo ‘meu Deus… Essa sou eu, que coisa horrível!’. Única coisa que pedi é que mostrassem o motivo do meu ‘surto’ em vários momentos”, contou.

Família

Consagrada no meio artístico, a artista disse não sonha em realizar mais nada profissionalmente. Agora pretende focar na sua vida pessoal, se casar e formar uma família: “Hoje meu sonho é estar com alguém mais de três meses, formar uma família, passar mais tempo com a minha família. As coisas que eu sonhava em conquistar na minha carreira, eu achava que ia estar velha pra caramba. E eu não estou, estou com 27. Então se eu ficar colocando mais coisas nessa lista eu não vou aproveitar nada”, concluiu.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: