CidadesGeral

Em semana de restrições, serviço de assistência social mantém atendimentos

Equipes da SAS farão plantão até domingo para oferecer os serviços de Proteção Social Especial de Alta Complexidade

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) irá manter os serviços essenciais de atendimento aos usuários durante a semana restritiva, que terá início na próxima segunda-feira (22).  

Durante os sete dias, a secretaria manterá  os serviços oferecidos pela Proteção Social Especial de Alta Complexidade, que abrange o acolhimento institucional de crianças e adolescentes, residências inclusiva.

Além disso, será realizado acolhimento para população em situação de rua, migrantes e estrangeiros no Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População de Rua (Cetremi) e de acolhimentos provisórios.

De acordo com o Decreto nº 14.683, de 19 de março de 2021, publicado em edição extra do Diogrande nesta sexta-feira (19), a restrição de atividades ocorrerá até o dia 28 de março. Durante a semana, a SAS manterá equipes de profissionais em sistema de plantão remoto para atender casos de urgência e que necessitem de medidas imediatas.

Outros serviços

Os demais serviços oferecidos pela SAS poderão ser acessados através dos telefones do local. Equipes do Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS), também atenderão a população em situação de rua por meio dos telefones (67) 98404-7529 e (67) 98471-8149.

Para as famílias que necessitarem de Auxílio Funeral, o atendimento será feito pelo telefone (67) 98403-5352.

Decreto

As novas medidas restritivas adotadas pela Prefeitura de Campo Grande tem como objetivo tentar frear o avanço da Covid-19 e reduzir o número de internações e óbitos provocados pela doença no Município.

Com isso, do dia 22 até o dia 26 de março serão antecipados os feriados dos dias 13 de junho e 26 de agosto de 2021 e 2022, dia do padroeiro da cidade e aniversário da Capital, respectivamente.

Além disso, para completar os cinco dias, o Estado liberou a antecipação do feriado de 11 de outubro, aniversário de Mato Grosso do Sul.

Nestes dias, só funcionarão alguns serviços considerados essenciais durante as 24 horas. Trad destaca que o comércio que não se enquadra nos serviços descritos no Decreto como essenciais não poderá abrir. 

Para aqueles que estiverem autorizados a abrir, continua sendo válido o limite máximo de ocupação com 40% da capacidade total permitida, além do toque de recolher vigente, das 20h às 5h.

O decreto terá validade de sete dias e fica em vigor até domingo (28). Neste fim de semana, o decreto estadual é o que continua em vigor, o que permite o funcionamento do comércio até às 16h. 

No entanto, durante o fim de semana do dia 27 e 28 de março, passa a valer o que determina a prefeitura, com medidas mais restritivas que sobrepõem o decreto estadual.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: