Polícia

Funcionário confessa e diz não se arrepender de ter matado secretário de Dourados

Foto: Cido Costa/Dourados Agora

O funcionário suspeito de ter matado o secretário de Agricultura Familiar da Prefeitura de Dourados, Alceu Junior Bittencourt, 36 anos, confessou ter cometido o crime e disse que não está arrependido de ter matado o patrão.

Fernando Souza , 31 anos, alegou que era sócio da vítima e que estava cobrando uma dívida e vinha sofrendo ameaças de Bittencourt, conforme o site Dourados Agora.

 O delegado Rodolfo Daltro, do Setor de Investigação Geral de Dourados, ouviu uma testemunha que relatou que Junior atendia um cliente, quando foi golpeado pelas costas, enquanto cortava o cabelo de um cliente em seu salão. Fernando, então, fugiu para a casa de um amigo.

Rodolfo Daltro diz desconhecer qualquer dívida que pudesse motivar o crime. “Segundo ele [Fernando] a motivação teria sido uma dívida que Júnior teria com ele, um fato que desconhecemos e que até então é improcedente”, relatou o delegado, segundo registro do site Midiamax.

Conforme o delegado, Fernando confirmou que o crime foi praticado à traição. “A vítima estava cortando o cabelo e ele chegou por trás, puxou a faca e deu dois golpes contra ela. Um no pesco e outro nas costas. E só não aplicou mais golpes porque o cliente que estava no salão jogou cadeiras contra ele”, relatou o delegado.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: