Economia

Funcionários de mercado tentam esconder produtos durante fiscalização do Procon

Foto: Divulgação/Procon-MS

Mais uma vez o supermercado Extra, da rua Maracaju, foi alvo da fiscalização do Procon-MS, em Campo Grande. Como o próprio órgão aponta, a unidade já foi “várias vezes reincidente na apresentação de problemas que prejudicam o consumidor, já tendo sido autuada quase uma dezena de vezes”.

Em ação na quinta-feira (5), chamou a atenção, segundo o Procon-MS, o fato de que funcionários tentaram dificultar o trabalho da equipe de fiscalização retirando produtos das gôndolas para omitir irregulares.

Foram encontrados produtos com prazo de validade vencida como: petiscos para gatos, 7,5 quilos de queijo, sete  quilos de bacalhau, leite fermentado, pães de forma, requeijão, iogurte e nove quilos de achocolatados, além de ração para animais domésticos como cães, gatos e pássaros.

Foi detectada, também, a presença de produtos impróprios ao consumo por não terem quaisquer informações. Entre estes, 10 quilos de queijo e potes de sorvete.

Ao fim da ação, todos os produtos considerados impróprios ao consumo foram danificados para não ter condições de voltar à comercialização e descartados na presença dos fiscais.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: