CidadesEsporte

Guanandizão começa a ser reformado e permanece fechado até maio

Obras no ginásio custarão R$ 1,8 milhão

Estão em andamento as obras de reforma do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão. A obra, orçada em R$ 1,8 milhão, está prevista para durar até maio de 2020, quando ocorrerá a reabertura com a realização de uma etapa da Liga Mundial de Vôlei, com participação da Seleção Brasileira. O complexo esportivo foi inaugurado em 1984 e funcionários da empreiteira contratada começaram o serviço com a retirada da base do antigo piso da quadra, que será refeito . Até o final da obra a previsão é de que todo o espaço seja revitalizado.

O Guanandizão tem capacidade para um público superior a 8.300 pessoas e já recebeu grandes eventos como show de Roberto Carlos e partida da Seleção Brasileira de Vôlei. Está interditado desde 2013, por determinação do Corpo de Bombeiros, que cobrou um projeto de prevenção e combate de incêndio, além de ter identificado problemas nas instalações elétricas, que colocariam em risco a segurança dos frequentadores.

O projeto de reforma contempla , por exemplo, na parte elétrica, troca de toda a fiação, substituição do transformador, instalação de um gerador de energia, reforço da iluminação das quadras externas com novas lâmpadas de led. O gerador é necessário para garantir o funcionamento (em caso de falta de energia) das bombas de água para o combate a sinistros. Somente o projeto elétrico está orçado em, aproximadamente, R$ 500 mil.

Os banheiros também passarão por revisão geral, incluindo parte hidráulica, colocação de novos azulejos, substituição de forro e instalação de equipamentos de acessibilidade para atender pessoas com deficiência física. As intervenções incluem as bilheteira e em toda a estrutura externa de quadras com reparos no piso, nova pintura, novas tabelas de basquete, alambrados. Haverá instalação de piso tátil no entorno, reurbanização com plantio de grama e troca de lojas.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: