Geral

Hora MS recebe investimento do Google para produção de notícias em tempos de Covid

O site de notícias Hora MS está entre os selecionados pelo Google News Initiative para receber investimento do Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo (JERF, na sigla em inglês), criado para auxiliar pequenos e médios veículos regionais de comunicação durante a pandemia do Covid-19.

Foram mais de 12 mil inscritos em todo o mundo e aproximadamente 5,3 mil redações beneficiadas. No Brasil, foram selecionados 380 veículos de comunicação para receber investimentos que variam entre US$ 5 mil (cerca de R$ 26 mil) e US$ 30 mil (cerca de R$ 159 mil).

Ao Hora MS o Google destinou o valor de US$ 5 mil, que deve ser empregado de acordo com uma série de normas do Fundo de Auxílio Emergencial ao Jornalismo. “Este apoio veio em ótima hora e será utilizado para colocar novos projetos em prática. Pretendemos investir em conteúdos em vídeo e em reportagens mais aprofundadas”, explica o editor-chefe Álvaro Marzochi.

Para isso, está prevista a aquisição de novos equipamentos de áudio e vídeo, além do investimento na produção de conteúdo original e de qualidade, uma das exigências do Google para os veículos que recebem o financiamento.

O Hora MS foi fundado em 2019 pelos jornalistas Álvaro Marzochi e Ítalo Milhomem, hoje o diretor à frente do projeto. O crescimento foi expressivo e em pouco mais de um ano o site já é referência em Mato Grosso do Sul.

“É uma iniciativa muito louvável do Google e importante para os pequenos sites e jornais do Brasil. Acaba tendo um caráter social também, já que minimiza o impacto nesses veículos de comunicação que perderam anunciantes neste período de crise econômica. Esse investimento nos ajudará a manter a empresa aberta e até mesmo ampliar a equipe”, avalia Milhomem.

Ao todo, o Google recebeu mais 12 mil inscrições de 103 países. No Brasil, também receberam recursos A Gazeta (Vitória-ES), Amazônia Real (Manaus-AM), Mais Vertentes (São João del-Rei-MG), Primeira Página (São Carlos-SP) e Jornal Cruzeiro do Sul (Sorocaba-SP), entre outros. O valor distribuído pelo Google chega aos US$ 100 milhões, equivalente a R$ 530 milhões.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: