InternacionalPolíciaPolítica

Lula: se no mundo tiver cidadãos como esse, eles têm que pagar

O presidente Lula afirmou que não conversou com as autoridades dos Emirados Árabes sobre o caso de extradição do empresário Thiago Brennand, condenado por violências domésticas, estupros e outros crimes, porém, que se houver mais pessoas como ele no mundo, merecem ser punidas.

A Justiça dos Emirados Árabes Unidos autorizaram a extradição do brasileiro, no mesmo período da visita do presidente brasileiro aos países árabes.

Deixe uma resposta