Economia

Ministro da Economia fala sobre possibilidade de prorrogar auxílio emergencial

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta-feira (12) ter “certeza” que o governo federal vai prorrogar o auxílio emergencial, se houver uma segunda onda da covid-19 no Brasil. No entanto, esse não é o objetivo atualmente.

“Qual o plano para o auxílio emergencial? Remoção gradual, e nós voltamos para o Bolsa Família. Esse é o plano A. Existe possibilidade de haver a prorrogação do auxílio emergencial? Se houver uma segunda onda de pandemia, não é possibilidade, é uma certeza, vamos ter que reagir. Mas não é o plano A, não é o que estamos pensando agora”, disse o ministro, em evento do setor de supermercados.

Segundo o jornal O Globo, o presidente Jair Bolsonaro não trabalha com a prorrogação do auxílio, que termina em dezembro. Além disso, indicou a interlocutores da ala política ter desistido de criar, neste ano, o Renda Cidadã.

De acordo com integrantes do alto escalão do governo, a ideia agora é manter o Bolsa Família, que atualmente beneficia 14,2 milhões de famílias, e incluir mais pessoas nas regras.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: