Esporte

Nos pênaltis, Brasil bate Argentina e conquista sul-americano Sub-15

Solta o grito de pentacampeão! Após empatar em 1 a 1 no tempo regulamentar, o Brasil foi 100% na disputa por pênaltis e despachou a Argentina por 5 a 3, ficando com a taça de campeão do Sul-Americano Sub-15, na noite deste domingo (8), no Defensores Del Chaco, em Assunção (PAR). O resultado demonstra a força da base canarinho, que faturou o quinto título da competição (2005, 2007, 2011, 2015 e 2019).

Os garotos do Brasil foram superiores na etapa inicial, indo para o intervalo no Defensores Del Chaco com maior posse de bola, mais tentativas de gol e vencendo por 1 a 0. Após quase abrir o placar logo aos seis minutos, em finalização de Matheus Nascimento, e depois aos 15, quando Ângelo arrancou pela esquerda e chutou tirando tinta da trave, a Seleção teve pênalti a seu favor aos 34. Na cobrança, Vinicius bateu com categoria e colocou a Canarinho na frente. Antes do fim, na marca dos 40, a Seleção fez bela trama ofensiva: Matheus Nascimento ajeitou de calcanhar para Sávio, que tentou a finalização mas chutou para fora.

A Canarinho voltou para o segundo tempo e, em um breve cochilo da defesa, o camisa 11 Jaime entrou costurando, invadiu a área e empatou para a Argentina. Mais tarde, o time brasileiro ainda perdeu o zagueiro Rômulo, expulso direto pela arbitragem peruana. Na marca dos 19, a Seleção por pouco não desempatou: Daniel roubou a bola no meio, puxou contra-ataque e tocou para Sávio. O camisa sete, ao tentar tirar do goleiro, acabou chutando rente à trave. Aos 39, Andrey pegou sobra dentro da área, mas o chute – que tinha endereço certo – desviou na defesa e foi para escanteio. Mesmo com a pressão verde e amarela, o duelo decisivo acabou indo para os pênaltis.

E só deu Brasil nas cobranças, fechando a disputa com 100% de aproveitamento: Vinicius, Daniel, Kauê, Andrey e Kaiky Fernandes garantiram os cinco gols brasileiros. De forma brilhante, o goleiro Mycael defendeu a batida de Lucas Romero e o Brasil soltou o grito de pentacampeão!

Brasil: Mycael; Vinicius, Rômulo, Kaiky Fernandes e Biro; Kauê, Robinho (Matheus França) e Arthur (Daniel); Sávio (Leonardo Ataide), Ângelo (Andrey) e Matheus Nascimento (Matheus Lima) – Técnico: Paulo Victor Gomes

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: