Polícia

Operação cumpre 88 mandados de prisão em 4 cidades de Mato Grosso do Sul

Foto: Divulgação

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), junto com o Choque, Bope, do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e do policiamento especializado da Capital, e também com o apoio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros (Garras) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (28), a Operação “Regresso”.

As equipes cumprem 88 mandados de prisão preventiva e 34 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 7ª Vara Criminal da Capital, em investigação com foco em ações criminosas praticadas pelo Primeiro Comando da Capital (PCC).

A ação desta sexta-feira contou com a participação de 180 policiais e também de agentes penitenciários estaduais, os quais deram cumprimento aos mandados de prisão a membros da facção que foram alvos por praticarem crimes de dentro dos presídios.

Além dos 88 mandados de prisão preventiva cumpridos nesta data, durante o período de investigação, que durou cerca de um ano e três meses, foram presas em flagrante outras 22 pessoas por tráfico de drogas e apreendidos, aproximadamente, 150 kg de cocaína e 370 kg de maconha, além de armas de fogo e veículos utilizados pela organização criminosa.

O principal alvo da operação de hoje, conhecido pela alcunha de “G7”, foi a óbito durante o confronto com as equipes do Bope no momento do cumprimento do mandado de prisão. Ele ocupava a função de “Sintonia da Geral do Progresso”, em Mato Grosso do Sul, setor esse responsável pelo gerenciamento das atividades criminosas que geram lucro ao Primeiro

Comando da Capital. No decorrer da investigação, apurou-se seu envolvimento com crimes de homicídio, roubo, tráfico de drogas e armas.

Balanço da operação até o momento, com referência às prisões:

Alvos de Campo Grande:

19 presos;

1 morto;

7 não localizados.

Alvos de Dourados:

5 alvos no total, todos presos.

Alvos de Três Lagoas:

1 preso;

1 não localizado.

Alvo de Corumbá:

1 Alvo no total, preso.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: