Polícia

Polícia prende homem que deu calote em garota de programa e tentou extorqui-la com vídeo íntimo

A Polícia  Civil de Ivinhema prendeu um homem de 30 anos, após ele contratar um programa por R$ 7 mil, não pagar e ainda tentar chantagear uma menina de 20 anos com vídeo íntimos.

O homem, morador de Deodápolis (MS) teria se passo por uma mulher, dona de uma agência de modelos e fez o primeiro contato por meio do WhatsApp, 

A jovem se interessou pela proposta, marcou um encontro pessoal na sua casa para realizar uma avaliação. O rapaz teria feito uma proposta por um programa, consumado e gravado o ato, o homem foi  embora sem pagar o cachê.

O golpista entrou em contato com a vítima outras vezes e pedia dinheiro para não divulgar publicamente o vídeo, chegou a receber R$ 500 da jovem, que estava desespero até entrar em contato com a polícia para tentar prender o delinquente sexual. 

As negociações começaram a ser feitas envolvendo a entrega do celular onde foi gravado o vídeo. A polícia civil marcou o encontrou e conseguiu pegar o homem que já tinha feito outras vítimas pelo Estado com o mesmo modus operandi. 

O golpista sexual foi enquadrado pelos crimes de extorsão violação sexual mediante fraude, 

Neste caso, o homem foi preso em flagrante e responderá pelos crimes de extorsão e violação sexual mediante fraude, porque o autor fez promessas falsas, que sabia que não cumpriria, à vítima para conseguir ter relação sexual com ela. As pena somadas poderão chegar a 16 anos de reclusão.

A jovem, que envergonhada pelos fatos chegou citar em seu depoimento, que teria sido estuprada pelo golpista, o que não foi comprovado, também poderá responder criminalmente por imputar falsamente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: