CidadesEconomia

Prefeito atende comerciantes e toque de recolher vai começar às 23h em Campo Grande

Foto: Saul Schramm/Portal do MS

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), decidiu atender comerciantes donos de bares e lanchonetes e o toque de recolher na cidade vai ser antecipado para às 23h, e não às 22h, como estava previsto inicialmente. Esta nova determinação começa a valer a partir desta sexta-feira (26).

Marquinhos explicou que atende a pedidos da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), motoristas de aplicativo e taxistas. As categorias alegam que o horário das 22h inviabilizaria o comércio noturno, que teria de fechar mais cedo.

“Não é questão de voltar atrás, não é questão de recuar, é questão de ser humilde suficiente. Equilibrar economia com pandemia, atendendo aos apelos que recebo”, relatou Marquinhos em live em rede social.

A medida foi oficializada através do Decreto n. 14.366, publicado no Diário Oficial de Campo Grande, em edição extra desta sexta-feira (26), que determina proibição de circulação nas ruas de Campo Grande das 23h às 5 da manhã.

Neste período fica proibida a circulação e permanência de pessoas em parques, praças públicas, ruas e logradouros. A medida não se aplica exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência, e para os serviços de delivery, que estão autorizados a funcionar.

A medida é aplicada desde o dia 21 de março e integra o conjunto de estratégias que o município vem adotando para prevenir a disseminação do novo coronavírus. É uma recomendação da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde, diante da pandemia do novo coronavírus-Covid-19.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: