Economia

Procon-MS encontra preços com diferença de 234,45% em produto da cesta básica

Foto: Divulgação/Procon-MS

Visando orientar as pessoas quando da necessidade de aquisição de  produtos da cesta básica, ou seja, gêneros de primeira necessidade, a Superintendência para Orientação  e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, mobilizou equipe do seu Setor de Pesquisa, que realizou levantamento de preços de  171 produtos. Entretanto pelo fato de 19 destes itens não constarem em, pelo menos, três dos estabelecimentos consultados, são divulgados 152. 

Há que se ressaltar  que do total verificado, 37 se referem a higiene e limpeza porque são produtos cuja venda ocorre em larga escala nas 19 unidades comerciais procuradas pela equipe no período de  10 a 17 de  novembro em curso.

A maior diferença de preços,234,45%,  foi detectada em relação a molho de tomate Quero em  embalagem de 340/350 g encontrado no Big Four por R$ 3,98 e  no Extra por R$ 1,19. Já, a menor, 5,01%, ficou para farinha de trigo Renata , embalagem com 1 Kg. Este produto é vendido no supermercado Nunes por R$ 6,29 e  R$ 5,99 nos demais locais onde foi encontrado ( Carrefour, Comper,  Legal e Pag Poko).

No que tange a higiene e limpeza, a pesquisa atual que complementa a verificação da cesta básica, detectou diferença de 121,21% em relação a Esponja de aço assolan 60g,  à venda no Nunes e Pag Poko por R$ 2,19 e no Mercado do Produtor por R$ 0,99. A menor diferença de 17,45 % se refere a detergente líquido Girando Sol 500ml. No supermercado Assaí, está a venda por R$ 1,75 enquanto no Central Atacadista, por R$ 1,49.

Como ocorre normalmente, foi estabelecido comparativo entre pesquisa realizada três meses atrás e  a atual, quando  se  considerou 123 produtos diferentes, dos quais 96 se referem a  alimentos e os 26 restantes a limpeza. Desse total, em se tratando de alimentos, 77 apresentaram aumento de preços e 19 tiveram redução. Já, higiene e limpeza,  dos 27 itens, 22 tiveram preços acrescidos, três sofreram redução e um  não apresentou variação.

A relação dos 19 estabelecimentos pesquisados  consta no rodapé da planilha em anexo. 

Pesquisa Cesta Básica novembro – 2020

Pesquisa Cesta Básica Comparativo agosto\novembro – 2020

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: