Cultura

Professora mexicana nominada ao Oscar ainda não ganhou dinheiro

Apesar do sucesso do filme Roma, do diretor mexicano Alfonso Cuáron (Gravity), a protagonista do longa, a professora de pré-escola Yalitza Aparicio, filha de pais indígenas mexicanos, nominada ao Oscar por seu papel no drama – primeiro trabalho como atriz – conta que ainda não ganhou dinheiro com seu trabalho.

Yalitza, de 25 anos, agora desfruta da fama e do reconhecimento, mas disse que por enquanto é a única coisa que o filme de Cuarón lhe deixou, já que ao contrário do que as pessoas imaginam, a professora de Oaxaca assegura que não tem dinheiro.

Em uma entrevista à imprensa de seu país, o jornalista e apresentador Oscar Mario Beteta quis saber se ela já estava rica:”Dinheiro… desculpa se sou muito sincera, mas não tenho. Roma foi o primeiro projeto que tive”, justificou.

Yalitza também disse na entrevista que ‘ficou surpreendida’ e preocupada pelo modo como os meios de comunicação de seu país começaram a publicar notícias falsas sobre ela, ‘colocando frases em sua boca’ que ela nunca disse:”Às vezes vejo notícias falsas, que não saíram da minha boca.

Me surpreende chegar ao ponto de dizer, ‘vivi em um mundo de mentiras, onde nem todos os meios dizem a verdade’. Foi bom estar aqui e descobrir isso, então pelo menos posso dizer aos meus pais, ‘não acreditem em tudo que leem'”, disse, desmentindo também que está planejando se mudar para Los Angeles.

O filme Roma – que pode ser visto na Netflix – gira em torno de todos os dramas que vive uma família de classe médica mexicana, residente do bairro Roma, na Cidade do México. –

Fonte: O Fuxico

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: