Geral

Única mulher na disputa pela prefeitura de Capital, Cris Duarte já pontua nas pesquisas

Na última pesquisa eleitoral divulgada neste mês de junho, realizada pelo Instituto de Pesquisa Ranking, apenas uma mulher pré-candidata apareceu pontuando na pesquisa, a psicóloga e empresária Cris Duarte do (Psol), que aparece na sétima posição, na frente de políticos tradicionais como o do ex-promotor e ex-presidente do Operário Futebol Clube, Esacheu Nascimento (PP), do ex vereador Marcelo Bluma (PV) e do vereador bolsonarista, Vinícius Siqueira, que trocou recetemente o DEM pelo partido PSL para disputar a eleição municipal.

Os dados referem a pesquisa estimulada, sem possíveis nomes que não são candidatos de fato na disputa, como os ex-governadores André Puccinelli (MDB), Zeca do PT e da deputada federal Rose Modesto (PSDB). A pesquisa foi realizada em Campo Grande, entre os dias 10 e 14 de junho pela RANKING Comunicação & Pesquisa com registro No Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS)  cm MS-00405/2020.

Números

O atual prefeito, Marquinhos Trad (PSD) desponta na frente com 48% da preferência, seguido pelo emedebista, deputado estadual Marcio Fernandes com 4,25%. O procurador Sérgio Harfouche (PSC), tido como mais conservador por suas opiniões aparece em terceiro colocado com 4%. Em quarto lugar aparece o deputado estadual petista, Pedro Kemp (3,8%), seguido pelo ex-secretário Estadual de Obras, Marcelo Miglioli (SD) com 2,5% e pelo deputado federal trabalhista, Dagoberto Nogueira com 2%. Cris Duarte aparece 1,25%.

A pesquisa também avaliou o sentimento da população com as esferas políticas e sobre a pandemia do coronavírus.

Marquinhos Trad está bem avaliado nesse período de crise financeira e de saúde com 55,25% de aprovação de ótimo/bom, 26,50% regular e 13% de ruim/péssimo. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem apenas 29,50% de aprovação como bom e ótimo, 36,42% de regular e 27,83% de ruim e péssimo.  Já o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) está com avaliação de 30,33% de bom e ótimo, 27,08 % de regular e 39,25 % de ruim ou péssimo, portanto, com a maior rejeição entre as lideranças políticas na avaliação dos campo-grandenses. 

Covid-19

Sobre a pandemia, 62,42% do grupo pesquisado acredita que os números de contaminados por coronavírus (Covid-19) é bem maior do que o informado e 47,58% já conhece alguém que já foi infectado pelo vírus. 52,5% diz estar se cuidando, porém saindo para trabalhar, 28,83% está saindo apenas quando inevitável. 13,25% dos entrevistados disseram que seguem normalmente a vida e 77,2% apoiam o uso obrigatório de mascaras para amenizar a propagação do covid-19 na cidade.

Dos pesquisados, quase metade solicitou o auxílio emergencial (47,17) e 76% diz já ter recebido sem problemas os valores do vale-corona. A pesquisa também aponta que 55,17% da população teve sua vida financeira afetada negativamente durante esse período.  67,5% deles acreditam que a pandemia deverá durar entre seis meses a um ano.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: