Política

“Atraso pode gerar sequelas irreversíveis”, diz Gleice sobre remédios para doenças raras

Indicação pede ao Governo urgência na compra de medicamentos como Gabapentina, para tratamento de Fibromialgia, e o D-Penicilamina, que trata Doença de Wilson ou Cisteinúria

A deputada estadual Gleice Jane (PT) apresentou, na sessão desta terça-feira (12), indicação visando agilizar a aquisição emergencial de medicamentos destinados ao tratamento de doenças raras. 

“Queremos reduzir a burocracia e os entraves que impedem a disponibilidade imediata desses medicamentos, priorizando a saúde e o bem-estar dos pacientes. Principalmente porque em muitos casos a interrupção do tratamento gera sequelas irreversíveis”, pontua a parlamentar. 

No documento, direcionado ao secretário de Estado de Saúde, Maurício Simões Corrêa, são mencionados medicamentos como a Gabapentina, para tratamento de Fibromialgia, e o D-Penicilamina, que trata Doença de Wilson ou Cisteinúria. Além destes, a deputada pede urgência aos demais remédios àqueles pacientes que aguardam cumprimento de ordem judicial.

“Precisamos de um processo mais ágil e simplificado para a compra e distribuição de medicamentos destinados ao tratamento de doenças raras, que afetam uma parcela da população e geralmente apresentam sintomas graves e crônicos. Ao facilitar a aquisição emergencial de medicamentos, esperamos uma melhoria significativa na qualidade de vida desses pacientes, evitando o agravamento dos sintomas e proporcionando um alívio tão necessário”, finaliza a parlamentar.
Fonte: Assembleia Legislativa de MS.

Deixe uma resposta

%d