segunda-feira, 23/mar/2020
EconomiaSaúde

Bolsonaro liberará R$ 1,2 trilhões para bancos e apenas R$ 88 bilhões para ações contra o coronavírus

De acordo com jornal O Estado de São Paulo, o Banco Central anunciou a disponibilidade R$ 1, 2 trilhão de reais, que equivale a 16,7% do Produto Interno Nacional (PIB) para que os bancos brasileiros se mantenham estáveis diante da crise na saúde do brasil. Hoje o governo anuncio também investimento de R$ 88 bilhões para socorrer o Sistema Único de Saúde (SUS), município e Estados.  

A cifra, divulgada nesta segunda-feira, 23, pelo próprio BC, equivale a 16,7% do Produto Interno Bruto (PIB). Os recursos têm como objetivo manter a liquidez no sistema – ou seja, a disponibilidade de dinheiro para que as instituições financeiras possam fazer normalmente suas operações com os clientes (empresas e pessoas físicas). Na crise do bancos em 2008, a “marolinha” brasileira, o governo federal disponibilizou R$ 117 bilhões, o equivalente na época a 3,5% do PIB.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: