segunda-feira, 23/mar/2020
CidadesSaúde

Rose Modesto solicita que China ajude MS no combate a pandemia do coronavírus

A Deputada Federal Rose Modesto (PSDB/MS) solicitou hoje (23/03) ao embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, ajuda material e profissional, em caráter de urgência, para Mato Grosso do Sul ter melhores condições de combater a pandemia do novo Coronavírus – Covid-19.


No documento, a parlamentar afirma que “diante a rápida evolução do número de casos registrados, necessitamos de apoio neste momento delicado”, citando que tal ajuda é importante para manter as atividades no Estado, uma vez que “exporta 42% de toda sua agricultura e pecuária local, como carnes, minério de ferro e soja para parceiros estratégicos e ao povo Chinês. Nosso principal e estratégico parceiro comercial, que, agora, pode ser nosso parceiro humanitário e epidemiológico no combate ao Covid-19”.


Modesto enfatiza que “infelizmente estamos a beira de um colapso severo e grave dos nossos sistemas de contenção nacional, que deve afetar sem igual o povo do Mato Grosso do Sul” por isso solicita ao embaixador, “se possível, envio de doações de equipamentos médico-hospitalares, produtos como máscaras e álcool em gel, além de indicações de empresas que possam colaborar na contenção emergencial da pandemia”.


A preocupação da deputada é motivada pelo fato de Mato Grosso do Sul ter somente 513 leitos de UTIs, mas que deve precisar de 1,1 mil para atender a demanda que irá surgir com a pandemia, de acordo com o Ministério da Saúde. O número não será suficiente nem com a criação de mais 227 leitos de UTIs anunciados, já que a pasta estima que 22 mil pessoas apresentem os sintomas nos próximos dez dias no Estado, sendo que em média 5% dos infectados com a Covid-19 precisam de internação intensiva.


A situação é ainda mais grave na região de fronteira, onde 22% dos municípios não têm leito de internação e 93% estão sem UTI, aponta o Conselho Federal de Medicina, em levantamento divulgado no ano passado.


O ofício foi encaminhado hoje ao Embaixador da China, Yang Wanming, pelo sistema eletrônico da Câmara dos Deputados para evitar contato físico e respeitar o isolamento social recomendado pelo Ministério da Saúde.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: