Política

Juíza nega candidatura de Loester Trutis à Prefeitura de Campo Grande

Foto: Divulgação

A juíza Joseliza Alessandra Vanzela Turine, da 44ª Zona Eleitoral, negou o pedido de registro de candidatura do deputado federal Loester Trutis (prefeito) e Lilian dos Santos Durães (vice-prefeita) à Prefeitura de Campo Grande pelo PSL. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (8).

A magistrada levou em consideração que “não foram preenchidas todas as condições legais para o registro pleiteado”. Isso porque a convenção que decidiu por Trutis foi impugnada e sua aprovação como candidato invalidada pelo próprio partido, que decidiu por Vinicus Siqueira e Rhiad Abdulahad para disputar o Paço Municipal.

No entanto, antes do imbróglio judicial, Trutis e Lilian Durães já tinham solicitado o registro à Justiça Eleitoral e, com isso, o PSL estava com duas solicitações.

Em sua decisão, a juíza Joseliza Turine destacou que cada partido pode indicar somente um candidato a prefeito com seu respectivo vice. E o PSL apontou Vinicius Siqueira como o candidato a prefeito, “que foi considerado como escolhido pelos convencionais na decisão judicial”.

“Desta forma, restou claro que há concordância da agremiação de que os pretensos
candidatos apontados neste RCC [Loester Trutis e Lilian Durães] não foram os escolhidos na convenção, conforme, aliás, constou, inclusive da ata de retificação da reunião realizada em 28 de setembro de 2020″, argumentou Joseliza Turine.

Os pedidos de registro de candidatura de Vinicius Siqueira (prefeito) e Rhiad Abdulahad (vice) à Prefeitura de Campo Grande ainda aguarda o julgamento pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: