Saúde

Liberada para todos os públicos prioritários, vacinação contra a gripe acontece em mais de 70 locais

Liberada desde a última segunda-feira, dia 03, para todos os públicos pertencentes aos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde, a vacinação contra a gripe está disponível em mais de 70 unidades básicas e de saúde da família espalhadas pelas sete regiões urbanas e distritos do município.

Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), a meta é vacinar cerca de 200 mil pessoas. Estão elencados pelo Ministério da Saúde os seguintes públicos: 

Idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes em qualquer idade gestacional, puérperas até 45 dias pós-parto, caminhoneiros, população indígena, profissionais das forças armadas, profissionais das forças de segurança e de salvamento, trabalhadores da educação, trabalhadores do serviço rodoviário de transporte de passageiros, população com deficiências permanentes, população com comorbidade, profissionais do sistema penitenciário, profissionais portuários, população privada de liberdade e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

Na última campanha a cobertura foi muito abaixo do recomendado, que é de pelo menos 90% para cada um dos públicos. Em 2022, apenas 43,4% de todo o público-alvo buscou pela vacinação. 

 A vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as unidades de saúde da Capital protege contra os vírus H1N1 e H3N2 da Influenza A e contra a Influenza B, sendo eficaz contra as três formas diferentes de gripe. 

Deixe uma resposta