PolíticaSaúde

SUS: sem recursos, novo ministro da Saúde já defendeu priorizar vida de jovens ao de idosos doentes

O presidente Jair Bolsonaro e o novo ministro da Saúde, Nelson Teich, durante pronunciamento no Palácio do Planalto

Em pleno debate sobre garantir vidas ou reativar a economia brasileira, o novo ministro  da saúde, o médico e empresário Nelson Teich já defendeu escolher entre idosos doentes e jovens para viver devido ao recurso finito do Sistema Único de Saúde (SUS).

A avaliação foi feita pelo atual ministro no evento  9º Fórum Nacional Oncoguia realizado em 2019 em Brasília (DF). Teich falou sobre a “Complexidade do Sistema de Saúde Brasileiro”, e apontou que a falta de recursos te obriga a fazer escolhas, como entre investir recursos entre um idoso doente crônico e um adolescente, que tema vida inteira pela frente.

Teich assumiu o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (16), após a demissão do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS)

Veja o vídeo:

Leave a Response

%d blogueiros gostam disto: