Esporte

TJD-MS: Comercial pede adiamento e recontagem dos pontos do Estadual

Com a saída do Corumbaense e Maracaju, o Esporte Clube Comercial-MS entrou com uma acão no Tribunal de Justiça Esportiva de Mato Grosso do Sul (TJD-MS) pedindo a recontagem dos pontos da competição, que o colocaria uma posição a frente do rival Operário, que tem o clássico Comerário das quartas de finais marcado para amanhã (28).

Se o TJD-MS garantir a recontagem dos pontos, o Colorado de Campo Grande poderá ter a vantagem do empate nesta fase da competição.  

No pedido, o Comercial também pede a suspensão do jogo até o julgamento do mérito da ação, pois há uma insegurança jurídica que envolve a situação e o modo de jogar das equipes, dependo de quem estará com a vantagem garantida pelo regulamento da competição.

A ação colorada se baseia no artigo 38 do regulamento específico do Campeonato Estadual 2020, que afirma que os clubes que abandonarem a competição ficam impedidos dois anos de disputá-las e que terão seus resultados desportivos desconsiderados.

Art. 38 – Após a data de publicação do Regulamento Geral da Competição -RGC e de sua tabela definitiva no site oficial www.futebolms.com.br, o Clube que por qualquer razão deixar de participar da Competição será impedido de disputar a mesma Competição nas duas temporadas seguintes.

Parágrafo Único – Quando um Clube abandonar a disputa da competição após o seu início, as partidas por este disputadas serão desconsideradas, sem prejuízo das penalidades impostas pelo Tribunal de Justiça Desportiva – TJD.

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) afirmou que manterá os resultados dos jogos como estão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: