Política

Bolsonaro sobre covid-19: “Não será obrigatória essa vacina e ponto final”

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) repetiu nesta segunda-feira que seu governo não tornará obrigatória a vacinação contra covid-19 e afirmou que os países que oferecem a imunização deveriam aplicá-la antes em sua população, a exemplo do que ocorre na indústria bélica.

“O Programa Nacional de Vacinação, incluindo as vacinas obrigatórias, é de [19]75. A lei atual incluiu a questão de pandemias lá, mas é bem clara”, afirmou Bolsonaro a apoiadores, em frente ao Palácio da Alvorada. “Quem define isso é o Ministério da Saúde. O meu ministro da Saúde [Eduardo Pazuello] já disse que não será obrigatória essa vacina e ponto final”, acrescentou.

Fazendo referência ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o presidente afirmou que “tem um governador aí que está se intitulando o médico do Brasil, dizendo que a vacina será obrigatória. Repito que ela não será”, disse. “Tem que ter comprovação científica. O país que está oferecendo esta vacina primeiro tem que vacinar em massa os seus e depois oferecer para os outros países”, defendeu.

Fonte: Valor Econômico

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: