CidadesSaúde

COVID-19: Barreiras Sanitárias começam nesta Segunda-Feira em três saídas de Campo Grande

Começou nesta segunda-feira (8) a operação de 15 dias de barreiras sanitárias nas saídas da cidade. A saída de São Paulo, Sidrolândia e Três Lagoas estão sendo monitoradas por cerca de 150 pessoas, entre servidores e voluntários, que estão orientando e medindo a temperatura das pessoas que entram em Campo Grande e desinfectando os veículos, bem como entregando máscaras de proteção para quem não a está utilizando.

 A medida já foi realizada de maneira experimental no mês passado e obteve resultados positivos. Das mais de 16,3 mil pessoas abordadas durante dois dias, apenas 45 foram identificadas com sintomas gripais, sendo que 28 desses casos foram considerados suspeitos. Todos os passageiros suspeitos foram submetidos a testes rápidos, e em nenhum dos casos o exame confirmou para o novo coronavírus.

Também foram desinfetados 9,2 mil veículos. A intenção é reforçar o controle de entrada de pessoas vindo do interior do estado, principalmente de municípios com alto índice de proliferação da Covid-19.

Como funciona ?

Ao passar pelo local, o motorista é abordado por profissionais da saúde, da Secretaria Municipal e voluntários, que aferem a temperatura corporal por meio de um termômetro digital infravermelho, informam e orientam a população sobre a prevenção da Covid-19.

Caso a temperatura corporal esteja superior a 37,8ºC, a pessoa é convidada a realizar o teste rápido. O resultado sai entre 15 a 20 minutos. É feito ainda o preenchimento de um formulário onde a pessoa relata a presença ou não de outros sintomas, como dor de cabeça, tosse e coriza e informa se teve contato com caso positivo ou esteve recentemente em outros estado ou município.

A ação acontece também em parceria com as 17 barreiras já instaladas nas fronteiras pelo governo do Estado. A operação conta  com apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Guarda Civil Metropolitana, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: