Educação

Escola da REE na Capital já trabalha nos preparativos para o início do Ano Letivo

De olho no início das atividades em 2021, as unidades escolares da Rede Estadual de Ensino (REE) seguem em preparação neste mês de janeiro, que antecede o período voltado para a Jornada Pedagógica, que começa no dia 04 de fevereiro. Pensando nisso, escolas como a EE Prof. Henrique Ciryllo Corrêa já se preparam para receber as equipes que estarão de volta a partir de quinta-feira (04.02), para o mês de orientações e formações organizadas pela Secretaria de Estado de Educação (SED).

Localizada na avenida da Capital, nº 611 – Vila Rica, em Campo Grande – a unidade faz parte do Programa Escola da Autoria e tem o foco do trabalho voltado para a Educação Integral em Tempo Integral. Diretor da escola desde 2020, o professor Fabiano Soares destacou o esforço da equipe para o início da Jornada Pedagógica e também para o retorno dos estudantes, no dia 01 de março.

EE conta com sinalização para o uso obrigatório de máscaras logo na entrada (Foto: Juarez Jr/SED)

“Estamos trabalhando bastante e adequando a escola, em conformidade com os protocolos. Para a realização das ações, contamos com o apoio da SED, que nos enviou os materiais tanto para uso do aluno [itens de proteção individual] como para o uso nos espaços coletivos, de uso comum. São materiais para higienização pessoal e dos ambientes, assim como equipamento para aferição de temperatura dos alunos e também de todos que frequentam o ambiente escolar”, detalhou o gestor.

Ao todo, o Governo do Estado já investiu R$ 3,6 milhões na aquisição de insumos, que tiveram a distribuição iniciada ainda no ano de 2020 para as unidades da REE e que deverá ser concluída antes do retorno dos alunos, em março. Entre os 1,3 milhão de itens, estão frascos (480ml) e bisnagas (100ml) de álcool em gel (70%) e máscaras de algodão reutilizáveis (laváveis), destinadas aos estudantes.

Galões de 5L com álcool em gel 70% já estão em uso na escola, abastecendo a equipe de limpeza e higienização  (Foto: Juarez Jr/SED)

Para as unidades escolares e profissionais da Rede, serão disponibilizadas luvas e máscaras hospitalares, borrifadores, dispensers de parede (saboneteiras) e dispensers de chão (com pedal), com reservatórios para álcool em gel (70%), termômetros digitais e materiais de limpeza, para higienização e desinfecção dos ambientes.

“Estamos otimistas com o retorno das aulas e se houver o retorno das atividades de forma presencial, estamos preparados para receber esses estudantes, sempre de acordo com os protocolos, adequação de rotina e de horários. Tudo isso para que os alunos fiquem tranquilos e os pais seguros em deixar seus filhos aqui na nossa escola. Isso vale também, claro, para os nossos servidores”, disse Fabiano.

Conhecidos como saboneteiras, os dispensers adicionais já estão instalados nas paredes da escola (Foto: Juarez Jr/SED)

Assim como outras unidades da REE, neste início de ano a escola já se encarregou de instalar os dispensers de parede (popularmente conhecidos como “saboneteiras”) enviados pela SED e também providenciou outros acessórios para instalação em áreas de circulação, tais como corredores, pátio e banheiros. A iniciativa partiu da equipe de gestão, que agora se prepara para mais um ano letivo.

“Embora sejam grandes os desafios para 2021, será melhor do que 2020. Nós poderemos receber os nossos estudantes, com várias restrições, mas com a segurança para que eles se sintam acolhidos e que seja um ambiente que favoreça sua aprendizagem, que o acolha também de forma humana. (…) Além do ambiente físico, estamos nos preparando para receber nossos professores, na jornada pedagógica, para ouvi-los. Todos serão acolhidos, integrados e se sentirão bem para o aprendizado”, finalizou o diretor.

Comunicação SED

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: