Polícia

Federação da Polícia Civil pede que governo revise demissão de investigador de MS

Foto: Reprodução/Facebook

A Federação Interestadual das Polícias Civis das regiões Centro Oeste Norte (Feipol) e a Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) entraram com petição junto ao Governo do Estado de MS solicitando que o ato de demissão do investigador Tiago Henrique Vargas, 32 anos, seja revisto.

“Esperamos que isso seja revisto, pois trata-se de um excelente investigador de polícia, um pai de família que ficou sem emprego numa situação economicamente instável como essa que estamos vivendo, de pandemia”, afirma o presidente em exercício do Sinpol, Pablo Rodrigo Pael.

Tiago Vargas é conhecido pelas críticas que faz a políticos acusados de corrupção, entre eles o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em vídeos publicados nas redes sociais. Ele, inclusive, possui ambições políticas, tendo se candidatado ao cargo de deputado federal pelo PDT, nas eleições de 2018.

Segundo a Polícia Civil, a demissão de Tiago é resultado  de um Processo Administrativo Disciplinar no qual os julgadores, com parecer favorável da Corregedoria-Geral do órgão, entenderam ter havido nove infrações disciplinares previstas na lei que rege os deveres do policial civil tanto na vida pública, quanto na vida privada.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: