Polícia

Golpista se passa por funcionário de banco e leva 6,7 mil de idosa

Uma mulher de 67 anos foi vítima de estelionato no início da noite desta quarta-feira (21) em Dourados. Ela recebeu ligação de falsos funcionários de seguradora e de banco. O cartão dela foi levado pelo golpista e R$ 6,7 mil foram descontados do cartão de débito.

Conforme ocorrência, a idosa estava em casa quando recebeu uma ligação no telefone fixo. Do outro lado a pessoa se identificava como sendo de um seguradora e avisando que o cartão poderia ter sido clonado. Alguns minutos depois outra ligação, desta vez de uma pessoa que se passava por atendente do banco Bradesco, informando sobre a clonagem do cartão.

O golpista informou que mandaria até a residência da idosa um representando do banco para recolher os cartões. O falso funcionário disse para cortar os cartões ao meio.

Passado alguns minutos, apareceu na residência um homem se dizendo do banco, pediu a senha e foi embora levando o lado dos cartões que continham o chip. A mulher desconfiou e anotou a placa do veículo em que o homem era passageiro.

O caso foi repassado à polícia. O proprietário do veículo foi localizado. Tratava-se de um motorista de aplicativo. Ele informou que buscou o homem em frente a um hotel e levou até a residência da mulher, porém, o mesmo disse que era vendedor de tecidos.

Logo depois deixou o falso funcionário do banco na esquina do mesmo hotel. Uma equipe da Polícia Civil se deslocou até o hotel, porém, em contato com o atendente, nenhum dos hóspedes parecia com o estelionatário.

Fonte: Dourados Agora

Deixar um comentário

%d blogueiros gostam disto: