Cidades

Investimentos da Sanesul de R$ 14,6 milhões vão expandir cobertura do esgoto em Nova Andradina

O município de Nova Andradina tem passado por um importante processo de transformação, com as obras de esgotamento sanitário em andamento e novos investimentos que foram efetivados pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) como parte do programa ‘Avançar Cidades’.  

A boa notícia sobre um novo canteiro de obras na bela cidade foi dada na última segunda-feira (13), quando o diretor-presidente da Sanesul, Renato Marcílio, assinou ordem de serviço para o início de importantes obras no setor de saneamento básico.

Com investimento de R$ 14,6 milhões, a companhia ampliará o Sistema de Esgotamento Sanitário de Nova Andradina, com implantação de rede coletora de esgoto, ligações domiciliares, Estações Elevatórias de Esgoto Bruto (Saudade, Júlio Ferreira e Umbaracá).

Pelo contrato de R$ 14.655.000, os serviços incluem ainda obras de  readequação na Estação Elevatória e Esgoto Bruto (Maria Rita), com prazo de conclusão de 24 meses, contados a partir de sua assinatura.

A diretoria da Sanesul destaca os grandes investimentos direcionados para Nova Andradina e outros municípios nos quais a companhia detém a concessão dos serviços.

“Temos muitas metas. Estamos trabalhando, dentro do que nos determinar o governador Eduardo Riedel com foco em antecipar a meta do marco legal do saneamento, que é de 90% de cobertura com serviço de esgoto até 2033”, explicou o diretor de Engenharia e Meio Ambiente, Leopoldo Godoy do Espírito Santo, no exercício da presidência.

Localizado no Vale do Ivinhema, Nova Andradina hoje possui uma área de cobertura do esgoto de 55,72% e a projeção, a partir da conclusão dessas obras, é que avance consideravelmente a caminho da universalização.

Com a conclusão das obras em andamento e dos novos investimentos liberados este mês pela Sanesul, Nova Andradina atingirá 74% de rede de coleta e tratamento de esgoto — percentual expressivo, diante de um município que tem crescido consideravelmente nos últimos anos.

Segundo Leopoldo, o andamento das obras de saneamento básico em Nova Andradina, reafirma o compromisso da gestão municipalista, sob a liderança do governador Eduardo Riedel, juntamente com o plano estratégico de investimentos da Sanesul.

“Quando falamos em saneamento básico, tratamento de esgoto, falamos em priorizar o bem de nossos cidadãos, garantindo o direito à saúde. É com este sentimento que estamos executando estas obras ao município”, destacou.

Universalização

Em nível estadual, incluindo os 68 municípios da área de abrangência da Sanesul, Mato Grosso do Sul tem hoje 62,62% da área de cobertura do esgotamento sanitário e está empenhado em se tornar o primeiro da federação a universalizar esse serviço, tão importante para a vida das pessoas e para o meio ambiente, sobretudo, para o desenvolvimento socioeconômico, incluindo o turismo.

Comunicação Sanesul

Deixe uma resposta